Cores na alimentação: qual a importância?

Sempre ouvimos falar que um prato bem colorido é um prato saudável. Mas você sabe o motivo pelo qual as cores dos alimentos são tão importantes nas refeições? As cores de cada ingrediente não só contribuem para um prato esteticamente agradável, mas são responsáveis por revelar quais nutrientes e outras substâncias estão presentes na composição daquele alimento. Os alimentos com a mesma pigmentação são organizados em seis principais grupos de cores, vamos conhece-los?

Vermelho

Alimentos de coloração avermelhada são os responsáveis pela disposição, possuem ação antioxidante, são ricos em vitamina C, e além disso, são recomendados no tratamento de estresse, depressão e cansaço.  Morango, tomate, melancia e pimentão vermelho são alguns exemplos de alimentos pertencentes a este grupo.

Branco

Ricos em potássio e cálcio, os alimentos brancos são responsáveis pelo fortalecimento dos ossos e músculos, bem como contribuem para um bom funcionamento do sistema nervoso. Batata, feijão branco, couve flor e banana são alguns exemplos de alimentos brancos.

Verde

A coloração esverdeada indica a presença de clorofila, responsável pelo bom funcionamento do intestino. Indicados para limpeza, protegem também a pele e os cabelos. Além disso, os alimentos deste grupo são ainda divididos em outros dois subgrupos: os de tons escuros, que são ricos em ferro e fibras, e os de tons claros, ricos em vitamina A e cálcio. Como exemplos desse grupo, podemos citar o quiabo, repolho, alface, brócolis, abacate e kiwi.

Amarelo ou Laranja

São alimentos de reforço do sistema de defesa do organismo, ricos em vitamina C e betacaroteno. Além de auxiliar a visão, alguns alimentos podem até prevenir o câncer de mama. Milho, mamão, cenoura e laranja são alguns alimentos exemplos deste grupo.

Marrom

São alimentos reguladores. Ricos em fibras, vitamina E, ômega 3 e 6, ajudam na regulação do intestino, na regeneração de tecidos, são vasodilatadores e ainda podem ajudar no controle da ansiedade e de níveis de LDL e triglicerídeos. Podemos citar como exemplos de alimentos desse grupo as nozes, aveia, lentilha e a soja.

Roxo ou Preto

Alimentos que auxiliam na vitalidade, possuem ácido elágico, antocianina e vitamina B1. Protegem o coração, auxiliam na circulação, retardam o envelhecimento e ainda neutralizam substâncias cancerígenas. Alcachofra, jabuticaba, uva e ameixa são alguns exemplos.

Por fim, os nutricionistas recomendam a ingestão de pelo menos três cores por refeição, variando os alimentos de cada grupo. Além disso, recomenda-se a diminuição da ingestão de alimentos de coloração bege, como massas e pães, que além de deixarem o corpo mais suscetível a doenças, ainda aceleram o envelhecimento.

A Embrare Refeições preocupa-se com a composição nutricional de seus cardápios, por isso produzimos pratos variados, saudáveis, ricos em nutrientes e que apostam no uso das cores para trazer equilíbrio para a saúde e disposição! Faça já um orçamento para a sua empresa!

SIGA NOSSO INSTAGRAM